Como trabalhar na polícia científica



O que faz um profissional da polícia científica? Como entrar nessa área e ingressa nessa carreira? ? Tire sua dúvidas agora nessa matéria especial

Escrito por -

Procurando emprego? Veja como trabalhar na polícia científica e alcance uma oportunidade no mercado de trabalho.

A Polícia Científica é um órgão da administração pública responsável por coordenar as atividades de diversos Institutos espalhados pela grande maioria dos estados brasileiros, como o Instituto de Criminalística (IC), responsável por realizar exames periciais, pesquisas e experiências no campo da criminalística; Instituto Médico-Legal (IML), cuja função é fazer necropsias e laudos cadavéricos e o Instituto de Identificação (II), que processa a identificação civil, criminal, post-mortem e elabora e expede carteiras de identidade através de pesquisa e confronto papiloscópico.

O que faz um profissional da Polícia Científica?

A função dos peritos desses institutos é localizar provas técnicas e analisar os vestígios do delito. Após identificar a localização das provas, eles estudam o corpo do objeto, realizam exames específicos de laboratório e analisam todas as informações que possuem para reconstituir a cena do crime.



Como trabalhar na polícia científica

policia cientificaOs interessados precisam se inscrever no concurso público de nível superior quando o edital do concurso for publicado. Após ser aprovado, o candidato passa por um curso de especialização que dura aproximadamente 08 meses. O perito criminal, por exemplo, estudará criminologia, balística, análises de DNA e muitas outras disciplinas durante a especialização.

Não existe um curso de graduação específico para trabalhar nessa área. O concurso contempla diversas carreiras, como Medicina, Direito, Odontologia, Biologia, Ciências Sociais, Farmácia, Engenharias e outras.

Leia também: Como trabalhar nos EUA legalmente

O que precisa para ser perito criminal?

Para trabalhar na polícia científica é necessário, primeiramente, que a pessoa se interesse por desvendar mistérios e possua certa frieza devido ao trabalho estar relacionado, muitas vezes, a cenas bastante chocantes.

Ter responsabilidade, capacidade de observação, raciocínio rápido, boa concentração, sinceridade, curiosidade e imparcialidade são outras características importantíssimas que auxiliam nessa carreira.

Foto: Ssp.sp.gov
Foto: Ssp.sp.gov

O trabalho do perito criminal é chegar ao local onde ocorreu um crime rapidamente quando solicitado e não permitir que as evidências sejam mal interpretadas ou perdidas. No caso de um crime em que houve vítimas fatais, o perito precisa analisar todos os machucados e lesões e, dessa forma, descobrir qual foi o objeto utilizado para ferir a vítima e outras informações, como a quantidade de pessoas que agrediram, de que lado veio o golpe e até mesmo se o agressor era canhoto ou destro. Seu papel é investigar a partir dos vestígios deixados no local do crime.

Onde buscar mais informações a respeito?

São Paulo – www.policiacientifica.sp.gov.br

Paraná – www.policiacientifica.pr.gov.br

Goiás – www.policiacientifica.go.gov.br

Espírito Santo – Superintendência de Polícia Técnico-científica (SPTC) – (27) 3315 9154 (27) 3315 8575

Rio de Janeiro – www.policiacivil.rj.gov.br