Como trabalhar nos Estados Unidos legalmente




Escrito por -


Confira como trabalhar nos Estados Unidos legalmente nessa matéria.

Estudar e trabalhar fora do país é o sonho da maioria dos profissionais ambiciosos – além do gosto da experiência de estar em um país novo, ter um período de trabalho em outra nação certamente dá um upgrade no currículo. Os Estados Unidos são uma nação muito visada para esse fim, seja para cursos de férias, estágios ou até mesmo trabalhos permanentes. Contudo, trabalhar fora do país exige providências especiais.

Como trabalhar nos Estados Unidos legalmente

É essencial aprender, no mínimo a nível intermediário, o idioma do país e estar a par das leis de imigração. Muitos profissionais, com medo da burocracia e da dificuldade em conseguir um visto de trabalho ou um green card, optam por imigrar ilegalmente para o país; porém, fazer isso tem um custo alto, pois uma vez que se é pego e deportado, o imigrante nunca mais poderá voltar aos Estados Unidos. Veja aqui como trabalhar legalmente nos EUA, sem correr esse risco.



Foto: travelbuglimited.ie
Foto: travelbuglimited.ie

Documentos necessários

Quando se pretende sair do país a trabalho, o primeiro passo a ser dado é providenciar os documentos necessários. O visto de trabalho é, sem dúvida, o documento mais importante para permanecer nos Estados Unidos de modo legal. Ele permite que o imigrante permaneça no país por um período de tempo, a fim de exercer trabalho.

Visto de Trabalho H-1B

Existem vários tipos de visto de trabalho, mas o mais comum é o H-1B, feito para ocupações especializadas, usado principalmente para profissionais da área técnica, como engenharia e informática. Para obter esse visto, o trabalhador precisa ter um diploma universitário de bacharelado ou equivalente no campo em que se deseja trabalhar. Geralmente, esse visto é custeado pela empresa norte-americana que contrata o profissional.

O visto H-1B tem duração mínima de três anos e máxima de seis anos. As esposas e os filhos solteiros com menos de 21 anos podem obter um visto com classificação H4 e acompanhar o portador do visto H-1B para os Estados Unidos; contudo, os portadores desse visto de acompanhamento não podem trabalhar.

Foto: Interexchange
Foto: Interexchange

Vale a pena?

Caso você não atenda aos pré-requisitos para obter esse visto, não desista; existem várias outras maneiras de se trabalhar ou estudar legalmente nos EUA.

Se você for acadêmico ou estudante universitário, uma dessas opções é procurar um plano de intercâmbio, já que a grande maioria das universidades têm convênios de estudo com instituições americanas de ensino superior.

Há, ainda, a possibilidade de você ser beneficiado por algum programa americano de suprimento de mão-de-obra em períodos de carência. Nessas situações, o governo estadunidense auxilia no processo de obtenção de vistos.